CMA fora do pedido das moratórias

Associação Nacional de Municípios Portugueses quer “mais justa e equilibrada repartição dos recursos públicos”. Adiamento de pagamento de empréstimos ao banco por um ano foi a proposta das câmaras enviada ao Governo para equilibrar contas, mas pelo que O ALMEIRINENSE apurou, a Câmara de Almeirim está fora deste leque de municípios.

A autarquia almeirinense não pretende solicitar nenhum prolongamento nos vários empréstimos que tem.

A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) quer uma moratória de um ano sobre os empréstimos bancários, que permita às câmaras fazerem face aos efeitos da pandemia, avançou o Jornal de Notícias.

A proposta consta do caderno reivindicativo enviado na semana passada ao Governo, em preparação do Orçamento do Estado para 2021, e pede uma “mais justa e equilibrada repartição dos recursos públicos”.

.