Em primeira mão: Certificação Portuguesa está garantida para caralhotas e sopa da pedra

O processo de certificação portuguesa das Caralhotas e da Sopa da Pedra está garantido depois de no inquérito público não terem existido reclamações. O documento tinha sido publicado a 15 de maio e os 30 dias para contestação já terminaram. Agora só falta Bruxelas pronunciar-se em termos europeus.

A Direção Geral tinha colocado o processo para inquérito público e não existiu contestação. Almeirim procurava o processo de certificação na Especialidade Tradicional Garantida ou Indicação Geográfica Protegida.

Recorde-se que primeiro foi feito um caderno de especificações que depois são analisadas pela Direção Geral de Agricultura e é elaborado um caderno de encargos.

.