AFS pode promover clubes, mas não deve ser do concelho

A Direção da Associação de Futebol de Santarém reuniu esta sexta-feira, dia 8 maio, por videoconferência com os clubes do futebol sénior das provas distritais. Dos 34 clubes, estiveram na reunião, 31 e as ausências foram devidamente justificadas. Francisco Jerónimo acrescentou também ao site da Associação que na próxima época a primeira divisão não terá apenas 15 clubes, como está agora com a subida do U. Almeirim, e nos próximos dias, em reunião de direção, deverá ser tomada uma decisão quanto à sua composição. Mesmo que o campeonato seja alargado a 18, com três promoções da 2.ª Divisão Distrital, o convite não deve chegar ao Benfica do Ribatejo que estava em sexto na série B.

A AFS já tinha garantido que não iriam existir despromoções da 1.ª para a 2.ª Divisão.

Francisco Jerónimo em declarações ao site da afsantarem.pt faz “um balanço muito positivo da reunião com ideias muito construtivas para aquilo que queremos do nosso futebol no pós pandemia.”
Na reunião que durou quase duas horas foram abordados vários temas, desde a subida do U. Almeirim Sad às provas nacionais, a forma como deverá ser composto o campeonato distrital da 1.ª Divisão em 2020/2021 e o programa de apoios que está a ser concluído pela direção. 

Nos próximos dias, a Direção da AFS deve ainda agendar uma reunião para o futebol de formação e aguarda uma decisão da Federação Portuguesa de Futebol sobre o Futsal para depois reunir também com os clubes do futsal.

.