Não há soluções, há caminhos: 22 de abril

Entre o apetecer e o querer vemos bem a diferença! Por vezes não apetece mas a razão bem formada diz-nos que é o que está certo e então a vontade quer. Também há quem faça porque tem de ser, por idealismo ou medo, e esses são os voluntaristas. Mas, coisa estranha, há ainda os que nem querem nem lhes apetece (são aqueles que se movem por motivos interesseiros), mas se se lhes impõem ou os compram… a cegueira os leva por aí. São os escravos da moda ou do imediato ou os amorais de intenções torcidas! E o pior é quando pensam (ou querem convencer-nos) de que isso é o melhor ou o mais justo, quando é apenas falta de honra e de justiça.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.