Da esquerda para a direita: Reformados/Pensionistas

Cerca de 80% dos Reformados, aproximadamente 2 milhões de pessoas, recebem em média pensões inferiores a 400 euros. Esta é a realidade para um grupo etário em que aumentam os gastos com saúde e medicamentos.

O atual Governo tem contado com o apoio da CDU (PCP, Verdes e Independentes) não só para parar malfeitorias do anterior, mas também para recuperar benefícios e direitos retirados.

O MURPI, Movimento Unitário de Reformados Pensionistas e Idosos, com 40 anos de existência, com 140 Associações filiadas, representa mais de 70000 sócios e destaca-se na defesa dos RPI. O MURPI combateu a tramóia do subsídio de natal dividido em duodécimos, cujo objetivo era disfarçar, ao longo do ano, a ação penalizadora dos cortes e aumentos de impostos e, vir a criar condições para o seu desaparecimento.

A luta do MURPI e a ação política da CDU contribuíram para que o subsídio de natal seja já pago integralmente em dezembro de 2018 e os pensionistas com reformas muito baixas recebam pequenos aumentos extraordinários de 6 e 10 euros desde 2017. A ARPICAL integra-se no MURPI. Temos quase cinco anos de existência e estamos abertos à parceria com outras Associações, Coletividades e Autarquia, nos princípios do respeito mútuo.

A recente parceria com o União Futebol Clube de Almeirim, para utilização da sua sede, permite-nos desenvolver atividades culturais e sociais. Na saúde, os sócios já podem beneficiar: a) 10% na compra de medicamentos nas farmácias da cidade, com e sem receita médica; b) 25% nas ópticas: Encontro D`olhares, Optisonho e Silvióptica.

.