Não há soluções, há caminhos: 4 agosto

Um famoso guia espiritual dizia que desconfiava da palavra “fazer” porque lhe sabia a fabricar ou a produzir. Ora Deus ao criar não faz propriamente nada, mas limita-se a existir e a comunicar-se contagiosamente! Não haverá aqui também uma lição para a nossa sociedade que vale pelo que produz em vez de contagiar a vida?

Vasco P. Magalhães, sj

.