Agricultora afetada pela tempestade pede ajuda

A agricultora Ana Marques, de Foros de Benfica do Ribatejo, um concelho de Almeirim, produtora de morangos, viu a sua produção afetada na madrugada de segunda-feira, no dia 11 de dezembro, “tenho arcos dobrados, o plástico tive de o furar porque quando caiu ficou com água, ficou à volta com 100 litros de água e tive que furar para a água sair, para conseguir tirar o plástico de cima do morango”.

Ana Marques adianta que as plantas estavam com a flor “vingada” e algumas já com morangos pequenos sofreram do peso do plástico na planta “umas partiram, outras ficaram picadas, a produção que era para ser no início de fevereiro fica só para março ou abril”.

Uma área de 6.000 pés para o cultivo de morangos foi a área afetada pela tempestade, espaço de cultivo deste fruto, que já tinha reduzido no ano passado também pelo mau tempo.

Para fazer face aos prejuízos, Ana Marques, faz um apelo para que quem tenha plástico usado lhe possa ceder “uma grande parte do plástico que tenho já não dá para utilizar e vai mesmo para o lixo, agradecia assim que se alguém tiver plástico usado que possa emprestar, eu agradecia”.

Reportagem completa na edição papel de 15 dezembro.

.