ERASMUS+: oito alunos da EPVT em estágios europeus

A Escola Profissional do Vale do Tejo (EPVT) tem apostado em estágios de longa duração, para alunos recém-graduados, ao abrigo do programa Erasmus+.

O ano passado, foram quatro os alunos dos cursos de Restaurante/Bar e de Cozinha/Pastelaria que fizeram estágio de seis meses em Malta e na Dinamarca. As mobilidades tiveram bastante sucesso, tendo os alunos relatado a experiência incrível que é poder fazer Erasmus durante 6 meses e conhecer e experimentar outras culturas. Também as entidades de acolhimento ficaram bastante satisfeitas com a prestação dos alunos da EPVT, tendo decorrido destes estágios, emprego para dois deles.

Este ano, a EPVT envia oito alunos para estágio de longa duração, para três países europeus. No dia 14 de janeiro, partiram para Odense, na Dinamarca, dois alunos recém-diplomados do curso Técnico/a de Cozinha/Pastelaria. Ficarão até julho, para estagiar no restaurante Sortebro Kro, que tem recebido alunos da EPVT para estágio, mas que é a primeira vez que recebe por um período tão longo. Também a 14 de janeiro, voaram para Malta duas alunas recém-graduadas do curso Técnico/a de Turismo, que, durante os próximos seis meses, desempenharão funções na receção do Marina Hotel – Corinthia Beach Resort, em St. Julian’s. A ilha de Lanzarote, no arquipélago das Canárias (Espanha) irá acolher uma aluna do curso Técnico/a de Cozinha/Pastelaria, uma aluna do curso Técnico/a de Restaurante/Bar e duas alunas do curso Técnico/a de Turismo. As alunas irão estagiar no Hotel Hesperya Playa Dorada, parceiro de longa data da EPVT. Estas alunas partiram no dia 19 de janeiro.

Os alunos estão em constante contacto com a escola e já fizeram chegar um feedback bastante positivo da seus primeiros momentos e acolhimento.

Estas mobilidades acontecem no âmbito do programa ErasmusPRO, uma especificidade do programa Erasmus+, que incentiva mobilidades de longa duração, para experiências laborais fora do país. Os estágios que agora se iniciam foram previamente preparados por professores e técnicos da EPVT, para que tudo possa correr pelo melhor, levando os alunos a terem experiências e aprendizagens que façam diferença no seu futuro pessoal e profissional.

A EPVT tem apostado na sua internacionalização como meio para enriquecer as experiências dos seus alunos, professores e colaboradores, contribuindo para o crescimento pessoal e profissional de quem participa no programa, mas também da restante comunidade escolar, através da disseminação dos saberes e experiências adquiridas. Pretende também ser motor de desenvolvimento para a região, contribuindo para a formação dos seus alunos num ambiente de descoberta, autonomia e tolerância pela diferença.

A rede de contactos internacionais e parceiros da EPVT é já bastante vasta e consolidada, contando com escolas, empresas e associações. Esta rede permite não só colocar os seus alunos a estagiar no estrangeiro com programa de trabalho adequado e que contribui para o real desenvolvimento técnico dos alunos, como também permite receber alunos para estagiar em Portugal. Este acolhimento é sempre uma oportunidade para toda a comunidade escolar.

.