Inves

Neste final de 2019, em Portugal sentimos os efeitos uma tempestade de inverno bastante severa. Todavia, para alguns é simplesmente o inverno, para outros é consequência das alterações climáticas, mas não vou entrar nesta discussão.

As cheias provocadas pelo Mondego poderiam ter sido minimizadas ou até mesmo evitadas, caso tivesse sido implementadas soluções apresentadas há quase 2 décadas, após uma situação similar a esta. Será que na Holanda também padecem desta maleita? Ou “simplesmente” usaram, recorreram ou desenvolveram soluções para diminuir ou evitar estes acontecimentos. Este acontecimento serviu para provar, uma vez mais que as governações de espectro socialista/comunista seguem sempre as opções contra a população e a culpa é sempre de outros.

Posto isto, o ministro do Ambiente veio a público “dar” como solução para evitar as cheias, deslocar aldeias, povoações! É este tipo de decisão que impede ou minimiza uma cheia ou inundação?

Ouvir e trabalhar com técnicos, recorrer ou implementar soluções por eles apresentados não é opção, por melhor que seja. Arrisco a dizer que, só se fossem da “cor” política deles, pois existe diversos exemplos disto mesmo. Quando é que passamos a “ver” decisões tomadas, não como sendo para servir e melhor as condições da população, mas sim de alguns? Quando será que deixamos de ver obras por fazer só porque irá beneficiar, não a totalidade da população, mas porque nessa intervenção irá beneficiar alguém que não é da sua “cor”! É estas atitudes que observamos nos “tiques” socialistas, sejam eles nacionais ou locais. São estas atitudes que fazem deles “pequenos”.

Por João Vinagre

.