Almeirim contribuiu para as 2100 toneladas recolhidas

Os Bancos Alimentares Contra a Fome recolheram este fim-de-semana mais de 2.100 toneladas de géneros alimentares, na campanha realizada em 2.000 superfícies comerciais de 21 regiões do país.

Prosseguem ainda ao longo da próxima semana, até 8 de dezembro, a campanha “Ajuda Vale”, nos supermercados, e a campanha online em www.alimentestaideia.pt. 40 mil voluntários dos 21 Bancos Alimentares incluindo no concelho de Almeirim convidaram, durante o fim-de-semana, os portugueses a partilhar os bens alimentares que compram para as suas casas. Os portugueses aceitaram uma vez mais o convite dos Bancos Alimentares e aderiram a uma rede social real, partilhando alimentos com pessoas carenciadas da sua região. A confiança reiterada nos Bancos Alimentares ficou patente na generosidade das contribuições.

“Não podemos deixar de sublinhar o papel dos voluntários, pessoas de todas as idades, com convicções políticas e religiosas diversas que, participando, lado a lado, contribuem de forma fraterna e solidária para uma sociedade mais justa e coesa”, refere a Presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares contra a Fome, Isabel Jonet. “Temos de agradecer aos milhares de doadores, aos voluntários, às empresas e entidades que apoiaram esta campanha, dando assim o seu grande contributo para que os Bancos Alimentares possam continuar a acudir a muitas pessoas necessitadas.”

Os géneros alimentares recolhidos serão distribuídos, a partir da próxima semana, a 2.400 Instituições de Solidariedade Social, que os entregam a cerca de 380 mil pessoas com carências alimentares comprovadas, sob a forma de cabazes ou de refeições confecionadas.

Isabel Jonet destaca ainda que é “muito importante e gratificante para todos os voluntários e para o Banco Alimentar poder contar com o apoio do Presidente da República, que dá assim destaque a esta rede social de carne e osso.”

.