Não há soluções, há caminhos: 21 novembro

A morte real ou a experiência de perder Deus está em fechar-me, em identificar-me com o pecado, fazer a experiência dessa tragédia que é a ruptura da unidade do homem consigo mesmo, nas suas relações com Deus. Isso é o que divide, desgarra. Divide porque desvia da nossa finalidade última, que é amar, porque prende e encerra o homem em si próprio.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.