Não há soluções, há caminhos: 9 novembro


O Evangelho insiste na afirmação de que Deus acredita em nós, como na parábola do pai que tinha dois filhos: dois malandros, um que fugiu não se sabe para onde e gastou tudo o que recebera e o outro que ficou em casa, mas que era um convencido. Mas este pai veio dizer-lhes: “Entrem novamente em minha casa que eu aposto em vocês, há futuro, há caminho.” E todas as páginas do Evangelho dizem que Deus acha que valemos tanto que se faz homem e dá a vida por nós.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.