Gala: Reacções dos nomeados na economia

Quem sucede à Sumol+Compal que foi a grande vencedora da 1.ª Gala em 2018? Esta é a pergunta que só terá resposta no próximo dia 25 outubro depois das 21h. Os candidatos são quatro e todos eles muito fortes.


A empresa Borrego Leonor & Irmão S.A repete a nomeação do ano passado e para Paula Borrego o orgulho é grande. “A nomeação mais uma vez da empresa Borrego Leonor & Irmão S.A. para o prémio de Economia da Gala O Almeirinense é recebida com enorme satisfação pela Administração e pela restante equipa de colaboradores. Resulta da dedicação da empresa ao sector agrícola de Almeirim e do Ribatejo que tem sido retribuída pelos clientes há mais de 50 anos. A todos eles o nosso obrigado”, sintetiza a responsável da empresa .

A Adega Cooperativa de Almeirim voltou a ter um ano em grande na facturação, produção de vinho e prémios arrecadados pelo que surge quase como natural a escolha do júri para figurar entre os finalistas. Manuel Gabirra, Presidente da Adega, sublinha ao nosso jornal que “é com muita alegria que recebemos esta nomeacão, deixa-nos muito orgulhosos, estamos com toda a certeza no caminho certo e com motivacão para continuar.”

Pedro Ribeiro mostrou-se, primeiro, muito surpreendido com a escolha do júri e depois acrescenta que “a autarquia tenta criar condições para as empresas se instalarem, por um lado, e para se desenvolverem por outro”. O presidente da autarquia deixou ainda uma palavra para os outros nomeados nesta categoria: “Quer a Adega, quer o Borrego Leonor & Irmão são empresas muito importantes para o concelho. Não é só pelo que faturam mas também pela valia que são ao nível de empregos etc. A MOV tem também desempenhado um papel muito importante de agregar e criar valor nas pequenas e médias empresas.”

Precisamente a MovAlmeirim que através de Helena Fidalgo reagiu à escolha do júri com muita satisfação: “Esta nomeação já tem sabor a prémio porque apesar de ser só uma nomeação, é já o reconhecimento de todo o trabalho e dedicação que a MovAlmeirim tem posto em tudo o que tem feito nestes, ainda poucos, anos de existência. Por isso, sentimo-nos muito lisonjeados com a atribuição desta nomeação. Obrigada jornal O Almeirinense.”

.