Democracia, por Joaquim Rafael Gomes

A Democracia numa forma resumida é um regime político onde todos os cidadãos elegíveis podem participar representando-se ou fazendo-se representar por membros eleitos, através de sufrágio de votos.
Na altura em que este artigo irá sair, faltará cerca de 6 dias para as eleições
legislativas, eleições estas que decidem quem nos vai representar na Assembleia da República nos próximos 4 anos.

Em tempos, tempos esses que eu não vivi, havia gente a dar a vida para ter o direito ao voto, para ter direito a decidir quem é que os representava, mas hoje em dia, como é algo que é nosso por direito, uma grande maioria das pessoas não se digna a sair de casa no dia das eleições e votar. Admito que os partidos políticos tenham uma parte de culpa neste flagelo da sociedade, mas certo que também vai de cada pessoa esta decisão. O desinteresse que as pessoas revelam pela política, hoje em dia, também vai da forma como a sociedade se interessa pelos assuntos que a eles lhes dizem respeito.

O voto é importante, não o voto onde decidem fazer desenhos, entre outras
coisas, não esse voto. Mas sim um voto responsável. Hoje em dia, obter informação sobre o que defendem os partidos é de extrema facilidade, por isso informem-se, reflitam e decidam. E acima de tudo, votem!

Joaquim Rafael Gomes

Texto publicado na edição papel de 1 outubro

.