Compromissos, por Sónia Colaço

Os últimos quatro anos demonstraram que as eleições legislativas são para escolher os deputados que representam e defendem as regiões e as suas populações na Assembleia da República e não o governo ou os ministros.
Com a força da CDU foi possível travar a plantação desenfreada de eucaliptos, garantir a contratação de guardas florestais e reforçar os vigilantes da natureza nas reservas naturais, como por exemplo, no Rio e no Estuário do Tejo.

Avançou-se nos direitos e proteção dos animais de estimação, com o reforço de verbas nos Orçamentos de Estado propostos pelos deputados da CDU, o que permitiu à autarquia de Almeirim e outras, cumprirem com a legislação, construindo o centro de recolha oficial de animais, de modo a combater o flagelo dos animais abandonados.

Mas precisamos de continuar a avançar na proteção da natureza, na despoluição dos rios Tejo, Sorraia, entre outros, das ribeiras, como a Vala Real, que em Almeirim foi abandonada à sua má sorte, pois, por inércia e falta de manutenção da limpeza com técnicas adequadas, apresenta um “tapete” dos jacintos de água que tudo asfixiam.

No distrito de Santarém, como candidata da CDU, afirmo que o nosso compromisso é com os trabalhadores e o povo, para defender, repor e conquistar direitos. Dando mais força à CDU é possível continuar a fazer a diferença na defesa da escola pública, no reforço do serviço nacional de saúde e de mais apoios para a cultura e o património.
Sónia Colaço

Texto publicado na edição papel de 1 outubro

.