Não há soluções, há caminhos: 7 outubro

O segundo grau de humildade é reconhecer-me e assumir-me como pecador, porque não sou apenas criatura, sou uma criatura pecadora, isto é, nem sequer me salvo sozinho, preciso de ser salvo. A consciência de que preciso de ser salvo é fundamental. E custa-nos muito aceitar que somos pecadores, não é que temos pecados (que até podem não ser muitos…), é que somos pecadores, isto é, somos estruturalmente carentes de amor e de graça.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.