Não há soluções, há caminhos: 24 setembro

O poder corrompe. Esta é uma frase batida, todas as culturas e todas as épocas o reconheceram. Quando o poder deixa de ser serviço da comunidade para se tornar domínio precisa de dois braços musculados, o dinheiro e a força. O dinheiro deixa de ser para distribuir, mas para sustentar as obras e a segurança do poder, bem como para comprar adeptos. A força deixa de ser para proteger os fracos e zelar pela justiça, mas para controlar a liberdade e eliminar os concorrentes. O pior desta cegueira é que se sustém pela mentira. E a pior mentira é a que quem tem esse poder se quer convencer que o faz por bem.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.