Atleta de Almeirim à conquista do elevador da Glória

Recuperando uma tradição que data de 1913, Lisboa recebe, a 21 de setembro, o mítico evento “Subida à Glória” que conta pelo quarto ano com o apoio dos Jogos Santa Casa como patrocinador principal. Depois de largos anos sem se realizar, esta centenária prova lisboeta foi recuperada há quatro anos, tendo o almeirinense Pedro Garcia vencido a primeira edição e feito mais duas vezes segundo classificado. Este sábado vai de novo à procura de fazer história.

Com esta organização, a Podium Events reaviva uma memória nacional e cria, em pleno coração de Lisboa, um momento que promete ser de grande animação no centro da capital. Os Jogos Santa Casa decidem associar-se a este evento lúdico-desportivo, enquadrado na Semana Europeia do Desporto promovida pela Comissão Europeia (23 a 30 de Setembro), em que os Jogos Santa Casa participam ativamente juntamente com outras lotarias europeias congéneres.

A “Subida à Glória Jogos Santa Casa” é realizada a pedalar entre a Praça dos Restauradores e o Bairro Alto (Calçada da Glória), num trajeto com 265 metros de comprimento e um declive médio superior a 17%. No próximo dia 21 de setembro, a partir das 20 horas, amantes anónimos da bicicleta juntam-se a figuras de renome do ciclismo nacional para subir a desafiante e vertiginosa Calçada da Glória que os Rádio Macau imortalizaram em música nos anos 80.

As inscrições já estão abertas e são limitadas a 300 participantes, homens e mulheres, a partir dos 16 anos. Todas as subidas são cronometradas, sendo apurados os quatro melhores tempos masculinos e femininos que, por sua vez, vão discutir as semifinais e a finalíssima com vista a descobrir quem é o “Torpedo da Glória” da edição de 2019. O objetivo é ser o mais rápido na subida e bater o recorde de 36,68 segundos estabelecido por Ricardo Marinheiro, figura destacada do BTT, que em 2014 venceu, pela segunda vez consecutiva, esta corrida. Do lado feminino a melhor marca pertence à ribatejana Vanessa Fernandes com 1 minuto e 1 segundo.

.