Não há soluções, há caminhos: 6 setembro

Já tinha ouvido dizer, mas passava-se no estrangeiro, numa dada escola disseram à mãe que se fosse divorciada o seu filho até tinha lugar, mas assim!… A novidade é que agora também acontece cá. Será progresso? Entra-nos pela porta grande a moral do coitadinho! Parece piedosa… Em vez da moral da justiça e da dignidade. Assim até já há casais que se separam ficticiamente por razões fiscais e outras, até há benefícios nisso. E em certos casos compreende-se, tal é a agressão da situação que se vive que podia ser uma legítima defesa. Mas a verdade é que o sistema está a dizer aos mais novos que o erro e a mentira compensam.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.