Não há soluções, há caminhos: 10 agosto

Todos precisamos muito de fortaleza, esse elã interior, essa energia, essa grandeza de alma que leva a manter um olhar positivo e a não perder o desejo de crescer, de melhorar, de nos santificarmos, mesmo nos maiores desaires, esse hábito moral que orienta as nossas faculdades, a vontade, a inteligência, as nossas paixões e as nossas tendências, de modo a não nos deixarmos vencer. Mas o que acontece é que caímos frequentemente numa tentação da desistência, resultado de pedagogias fragilizantes, educações sem testemunhos nem afectos.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.