Areia nos olhos

Prática usual e comum, utilizada por este “des”governo, (aliás como em todas as governações socialistas, sejam sozinhas ou em “ajuntamento”, seja a nível nacional ou local), para iludir a população que vai estando tudo bem. Fazem esta artimanha em todos os sectores onde tocam, exemplos, Saúde, “vamos aumentar o investimento na Saúde”, depois vem as cativações, atraso nos pagamentos, obras por fazer, profissionais por contratar, aumento do tempo de espera, desde da 1ªconsulta à cirurgia, etc. Depois vemos, nestes últimos dias, manobras na Lei de Bases, dando a entender à sociedade que estão melhor, mas o que fizeram foi “uma mão cheia de nada”.

Prática usual e comum, utilizada por este “des”governo, (aliás como em todas as governações socialistas, sejam sozinhas ou em “ajuntamento”, seja a nível nacional ou local), para iludir a população que vai estando tudo bem”

Proteção Civil, “estamos preparados para a época de incêndios e temos os equipamentos necessários”, depois faltam equipamentos por contratar. Se não tivessem terminado a parceria com a Força Área, não precisavam desta preocupação todos os anos, ou a culpa foi da não limpeza dos terrenos, sendo que a última é, “da responsabilidade dos autarcas”. Resumindo, especialidade em complicar, dificultar e prejudicar a sociedade no seu todo. Pensar a longo prazo, eles não sabem nem querem, pois há eleições de 4 em 4 anos, logo têm de garantir “obra feita”! Pagamos cada vez mais impostos e ainda assim os serviços do estado, de forma geral, estão piores, em muitos casos, (para não dizer todos), muito pior que durante a intervenção externa que as “des”governações socialistas nos obrigaram a ter.

.