Polícia Judiciária faz detenção na Raposa

A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, identificou e deteve um homem, por fortes indícios da prática de crimes de incêndio.

A Polícia Judiciária, nas diligências efetuadas ao longo de sete meses, recolheu evidentes indícios da prática do incêndio.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, ficando sujeito à medida de coação processual de prisão preventiva.

(em atualização)

.