Não há soluções, há caminhos: 25 de junho

O sofrimento é a experiência da perda e da falta! Quando experimentamos que nos falta algo que nos parece essencial à vida e ao amor, sofremos. A questão não é sofrer ou não. Como se fosse mais justo um mundo sem sofrimento! A questão é sofrer com sentido ou cair na frustração, na autodestruição, porque o sofrimento com sentido, aquele que é transformado pelo amor, é sinal de crescimento e de comunhão. Quando sofro mais ganho a outro nível com a perda que experimento, quando sofro para que haja amor e perdão, esse sofrimento transforma-se em alegria.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.