Empresa de exportação de cenouras investe 50 milhões em Almeirim e cria quase 200 empregos diretos

No dia do debate Autárquicas 2017, o Presidente da Câmara em exercício e candidato pelo PS dizia ter um email com a intenção de criar uma industria em Almeirim de grandes dimensões, dizendo mesmo que que se não ganhasse as eleições apresentava os investidores a quem ganhasse. Agora Pedro Ribeiro faz o anuncio público da criação de uma unidade de transformação de cenouras pequenas para exportação. Um investimento de origem francesa e com experiência na industria nos Estados Unidos é de 50 milhões de euros e vai permitir criar de 183 postos de trabalho diretos. 

Pode ver neste link o que disse Pedro Ribeiro no debate realizado no Parque Lourenço de Carvalho e que fazia alusão ao que era na altura um investimento “secreto”.
A declaração surge com uma hora e um minuto de debate.

https://www.youtube.com/watch?v=HYbiE4ryuTw

Mais à frente neste vídeo (uma hora e 21 minutos), Pedro Ribeiro diz ainda que “se ao dia de hoje não for verdade o que digo, eu vou-me embora.”

Na próxima terça-feira, dia 25 junho, vai ser assinado um contrato, com a presença do Secretário de Estado da Internacionalização Eurico Brilhante Dias, entre a 52-Fresh e a AICEP para a construção de uma unidade de raiz para transformação de cenouras pequenas para exportação.

“Este é um projeto que tem mais de quatro anos. Algo que começou por ser apenas uma possibilidade. Um local entre vários Países. Passo a passo fomos criando as condições para que o investimento fosse uma realidade.  Para além dos empregos diretos esta unidade agroindustrial vai ser muito importante para a agricultura criando novos mercados e abrindo o leque a novas culturas diversificando assim a oferta. Em 2017 tinha dito que tínhamos um conjunto de investimentos “secretos” uma vez que não podiam ser divulgados. Dois deles ja são públicos”, sublinha o autarca.

Pedro Ribeiro refere-se à A Sumol+Compal e agora a 52- Fresh.

“No total cerca de 80 Milhões de investimento e cerca de 250 novos postos de trabalho. O caminho faz-se caminhando, muitas vezes com muita reserva mas sempre a pensar que no futuro será possível ter mais e melhor qualidade de vida para todos”, conclui o Presidente da Câmara.

.