CDU pede esclarecimentos sobre tília

Na reunião ordinária da Câmara Municipal de Almeirim de dia 17 junho, a vereadora ecologista eleita pela CDU, Sónia Colaço, apresentou um requerimento no Período Antes da Ordem do Dia (PAOD), pedindo mais informação sobre a situação da tília-prateada.
“Foi com preocupação e consternação que a vereadora tomou conhecimento da queda de parte de um ramo da tília-prateada, localizada no cemitério da cidade de Almeirim”, diz a CDU.

A árvore centenária, que está classificada de interesse público desde 2009 pelo Instituto Conservação da Natureza e Florestas (ICNF), por proposta do Partido Ecologista Os Verdes, tem tido, de acordo com a imprensa e as declarações do Presidente de Junta, o acompanhamento técnico por parte dos serviços do Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural. Mais recentemente, e no seguimento do incidente também estiveram presentes no local elementos do ICNF.

“De acordo com o que é normal na administração pública, os serviços devem ter elaborado um relatório de avaliação da situação e do estado da árvore. Pelo que ao abrigo da legislação própria, a vereadora requereu informação, relativamente ao último Relatório de Avaliação do estado fitossanitário da tília-prateada apresentado pelas equipas técnicas de acompanhamento, assim como o plano futuro de intervenção, pois importa conhecer o ponto de situação atual e o que está para decisão”, conclui a CDU.

.