Não há soluções, há caminhos: 10 de maio

Depois de identificar a nossa opção, a nossa vocação, falta querê-la. O momento de assumir o escolhido exige maturidade e fortaleza. Quem quer o fim deve querer os meios. Não basta decidir que se vai viajar, é preciso saber onde quero ir. Mais, é preciso escolher o meio de transporte e comprar o bilhete. Mais ainda, é preciso fazer as malas e, sobretudo, apanhar o comboio.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA
Um pensamento para cada dia: ver em tudo o que acontece uma oportunidade de crescimento.

.