Sumol+Compal suspende produção por falta de gás

A greve dos motoristas de matérias perigosas já está a ter impacto no setor alimentar e das bebidas. A Sumol+Compal interrompeu a produção na fábrica de Almeirim, no distrito de Santarém, por falta de gás.

Num comunicado, a empresa assegura que não haverá impacto no abastecimento ao mercado, até porque tem produtos armazenados, mas a falta de gás, por causa da greve dos motoristas de matérias perigosas, impede que a fábrica continue a produzir.

Não adianta, no entanto, se estima que nas próximas horas mais fábricas tenham de parar as máquinas pelo mesmo motivo.

.