Não há soluções, há caminhos: 2 abril

É fundamental para viver bem ter prioridades, definir uma hierarquia de prioridades, e assim, por exemplo, não pôr em quarto lugar o que devia vir em primeiro, e vice-versa. Mas também é importante ver se as nossas prioridades teóricas coincidem com as prioridades práticas. Muitas vezes não coincidem. Digo que o mais importante da minha vida é esta pessoa ou aquela situação ou é Deus… mas depois a nada disso dou sequer cinco minutos do meu dia. Quer dizer, na prática não é o mais importante da minha vida. Já alguém dizia que a maior distância é a que vai da cabeça ao coração.
Vasco P. Magalhães, sj
ONDE HÁ CRISE, HÁ ESPERANÇA

.