Não há soluções, há caminhos: 29 janeiro

Sentar-se e fazer contas! Contas financeiras, essas fazemos muitas vezes, mas deitar contas à vida, para ver como posso ser mais capaz de servir e dar alegria aos que me rodeiam, isso é mais exigente e esquece-se com facilidade. Uma boa ideia seria, antes de começar a fazer qualquer coisa, parar e pensar: como é que eu posso ser um elemento construtivo e que traga esperança aos outros?
Vasco P. Magalhães, sj
NÃO HÁ SOLUÇÕES, HÁ CAMINHOS
365 vezes por ano não perguntes porquê, mas para quê

.