Bravo… Maestro!

CONCERTO Jorge Lopes assume a direção musical da Banda Marcial de Almeirim com estreia no tradicional Concerto de Ano Novo. Almeirim aplaudiu.

No passado dia 5 de janeiro, o Maestro Jorge Lopes foi apresentado à comunidade, no tradicional concerto de Ano Novo da Banda Marcial de Almeirim. Jorge Manuel de Oliveira Lopes nasceu em Leiria e iniciou os seus estudos musicais, aos 10 anos, na Sociedade Filarmónica de S. Cristóvão da Caranguejeira. Obteve o 1º lugar no I e II Festival de Música Juvenil de Pouso, Leiria, na categoria de Clarinete. Estudou clarinete com os solistas da Orquestra Gulbenkian, Jan Scott e Esther Giorgi. Em 1989 ingressava no conservatório Nacional de Música para prosseguir os estudos com o professor Manuel Jerónimo. Em 1999 e por um período de dois anos fez um curso de aperfeiçoamento de clarinete com o professor da Academia Nacional Superior de Orquestra Éttienne Lamaison. Participou em várias Orquestras, nomeadamente, a Orquestra de Clarinetes José Canongia e a Orquestra do Conservatório Nacional de Música. Foi também membro fundador da Orquestra de Sopros de Sintra. Fez Masterclass de Direção de Orquestra com os Maestros Robert Houlihan e Jean Marc Burfin e durante três anos estudou direção de Orquestra com o professor do Conservatório Nacional da Região de Lille, Jean Sébastien Béreau. Em 1988, ingressa na Banda do Exército, onde desempenhou a função de 1º Clarinente como sargento-Ajudante. É licenciado pela Universidade Nova de Lisboa no Curso de Ciências Musicais. Como Maestro dirigiu as Filarmónicas de Bidoeira – Leiria, do Arrabal – Leiria, Sociedade Filarmónica de Gançaria – Santarém, Sociedade de S. Cristóvão de caranguejeira e SAMP Pousos de Leiria. Banda Marcial de Almeirim é composta por um conjunto que oscila entre os 35/40 músicos, na sua maioria jovens. A Escola de Música, que se mantém em funcionamento, conta em média, com duas dezenas de jovens alunos.

.