Politicamente Correto

Vivemos numa época em que temos uma parte da sociedade a esforçar-se, usando o “politicamente correto” e para não melindrar, não emite as suas verdadeiras opiniões e sentimentos, para que outros não se sintam afetados.
Isto tornou-se uma forma vulgar de “comunicar”, mas que na realidade é, em certa parte, falsa e com consequências nefastas para quem usa. Afirmo isto, porque depois, quem usa esta forma de “comunicar” , em alguns casos, é violentamente atacada, maltratada e até enxovalhada, quando emite verdadeiramente a sua opinião e opções,sobre qualquer que seja o tema. Temos como exemplo, no plano politico, quem é de direita, porque acredita nos pilares da família, economia livre, merocracia, criação de oportunidades, cultura e tradição, etc.. por outro lado temos aqueles que defendem um tipo de política de dependência estatal, e controlo total de todos os rendimentos e propriedades, (menos as deles), e defende regimes de destruição de sociedades e economias, apelidando os outros “fascista/nazista”. Meus caros, comunismo, socialismos e facismo/nazismo, têm como base Karl Marx, aquele individuo que casou com uma aristocrata russa e nunca trabalhou, logo, deu o exemplo.
Respeito as opiniões de todos, bem como opções religiosas, políticas ou de orientação sexual, mas também têm de respeitar a minha, a de não concordar. A liberdade de um individuo termina quando começa a de outro, não pode sobrepor-se só ,por que são minoria, seja ela de que tipo for. Infelizmente, na minha opinião claro, acho que a nossa Sociedade vai sofrer muito com tudo isto, pois estão constantemente a nos impor as deles, em profundo detrimento das nossas.

 

.