Novo Tribunal abre dia 4

“O Tribunal de Almeirim tinha das piores instalações do país e se nada fosse feito o Tribunal podia sair de Almeirim, agora com as obras que o Ministério da Justiça fez, são dadas condições a quem lá trabalha e a quem utiliza o espaço. Estamos certos que assim não será pelas instalações que o Tribunal deixa no futuro a nossa cidade”, destaca Pedro Ribeiro.

Após a compra do edifício por parte da Câmara Municipal de Almeirim num valor que ascende aos 240 mil euros, o Ministério da Justiça iniciou em janeiro as obras de adaptação do espaço que estão praticamente concluídas.

Os serviços do Juízo de Competência Genérica de Almeirim mudam de local após 17 anos no antigo posto da GNR de Almeirim, instalações que chegaram a ser consideradas as piores a nível do país, tanto pela falta de condições de trabalho para magistrados e funcionários, como pelos sinais de degradação do edifício.

No passado, quando confrontada com a possibilidade de fecho do serviço, a autarquia iniciou conversações com o governo para ser encontrada uma solução. Essa solução passou por comprar as antigas instalações da Junta de Freguesia, o Ministério fez as obras de adaptação e ficará a pagar uma renda mensal ao município.

No espaço que até final do ano funciona o tribunal vai surgir uma creche.


IMAGEM NO DECURSO DAS OBRAS

.