Editorial, por José Lobo de Vasconcelos

Estamos de novo no Advento, este tempo de espera e preparação pessoal
para a chegada do Senhor.
Recordamos no Natal o nascimento de Cristo e naturalmente gostamos de oferecer um presente aos nossos familiares e amigos, mas geralmente esquecemo-nos do ‘Menino dos anos’ que é justamente Jesus, Aquele que festejamos.
E o que é que lhe podemos oferecer que o faça feliz?
O Papa Francisco lembra-nos uma passagem do Evangelho de Mateus, o capítulo 25, onde JESUS nos explica o que devemos fazer aos outros como se fosse a Ele que o fizéssemos, dando-lhe assim o presente que o fará feliz e por isso também a nós nos fará felizes.
“Tive fome e destes-me de comer; tive sede e destes-me de beber; era peregrino e acolhestes-me ; nu e vestistes-me; enfermo e visitastes-me; estava na prisão e viestes a mim”. Na noite da vida seremos julgados no amor. ‘
Se conjugarmos a isto as obras de misericórdia corporais e espirituais:
‘Obras de misericórdia corporais:
1) Dar de comer a quem tem fome
2) Dar de beber a quem tem sede
3) Vestir os nus
4) Dar pousada aos peregrinos
5) Visitar os enfermos
6) Visitar os presos
7) Enterrar os mortos

Obras de misericórdia espirituais:
1) Dar bons conselhos
2) Ensinar os ignorantes
3) Corrigir os que erram
4) Consolar os tristes
5) Perdoar as injúrias
6) Sofrer com paciência as fraquezas do
nosso próximo
7) Rezar a Deus por vivos e defuntos.’
Temos a receita que fará do Advento a perfeita preparação para vivermos o
Natal em paz com os outros e connosco próprios.
Simples, não é? Talvez não tão fácil de por em prática, mas vale a pena tentar.
Desejo a todos os nossos irmãos, colaboradores e amigos em geral, um Santo Natal e óptimo ano de 2019.

Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Almeirim

.