CDU sugere reduzir plásticos e autarca deu exemplo

A recomendação da CDU apresentada ontem no plenário municipal com o objetivo de reduzir o plástico no consumo diário, teve efeito imediato com o presidente da autarquia a dar o exemplo e a substituir os copos de plástico das bancadas, por uns de vidro. Este foi o momento de humor que marcou a posição séria da autarquia num assunto que é uma ameaça para o planeta.Votada por unanimidade, esta recomendação apela à redução de plásticos descartáveis, usados no dia-a-dia, como talheres, pratos, copos,  palhinhas, etc e pede que se encontrem estratégias para sensibilizar a população.
Com a União Europeia a preparar legislação que limita o uso deste produto derivado do petróleo, a CDU sugere se cada município tivesse esta consciência ambiental, seria mais fácil sensibilizar a comunidade.Um relatório apresentado pela UE refere que, se nada for feito, em 2050 haverá mais plásticos no mar do que peixes.Além do extenso período de tempo que leva a sua deterioração, o plástico é feito a partir do petróleo, e acabamos por ingerir os microplásticos através dos alimentos como o peixe ou o sal. Pedro Ribeiro deu o exemplo na sessão plenária mas considera que “esta é mais uma questão de mentalização das pessoas que é mesmo necessário mudar de hábitos”.A comissão europeia prevê que o acordo sobre a proibição de categorias de produtos que representam 70% dos detritos que poluem oceanos e praias, seja ratificado por todos os estados-membros até à próxima primavera  para que a legislação entre em vigor em 2021. Segundo o acordo, os estados-membros devem reduzir 25% estes detritos descartáveis até 2025.

.