Guitarra d´Alma 2018 já começou

Com a Igreja do Divino Espírito Santo, em Almeirim, repleta, arrancou esta sexta-feira, dia 9 de novembro, a V Edição do Festival Guitarra d’Alma.
Após as notas de boas vindas de Custódio Castelo  e de Pedro Ribeiro, presidente da Câmara anfitriã, o concerto de abertura trouxe, como tem sido hábito neste festival, novos nomes para a ribalta -Francisco Pereira, antigo aluno do mestre Custódio, na guitarra portuguesa e Ianina Khmelik, a primeira violinista que tem acompanhado Custódio Castelo nas gravações discográficas. Se para o mestre, todos os sons podem chegar até à guitarra, no recém intervencionado espaço das “escolas velhas” ecoou música de Bach, Piazzola, Gardel, Carlos Paredes, entre outras sonoridades, numa interpretação surpreendente. Diálogos harmonizados entre guitarra e violino culminaram num trio que apresentou composições de Custódio Castelo de homenagem a Cesária Évora e à sonoridade de Macau.
Este ano, o Festival é alargado a todo o concelho, com espectáculos previstos para Benfica do Ribatejo (já este sábado), Raposa, Fazendas de Almeirim, regressando a Almeirim no dia 18. Guitarra portuguesa e clássica, voz, acordeão e, ainda uma homenagem à pianista Leonor Leitão Cadete fazem parte do programa deste ano da Guitarra d’Alma que decorre até 24 de Novembro.
.