Não há soluções, há caminhos: 16 outubro

Para quem crê num Deus bom – e não pode haver outro! – quando se fecha uma porta, abre-se logo uma janela. É que quem crê sabe que não há noite nem escuridão que dure sempre. Sabe e experimenta que há sempre uma saída, por mais fechada que pareça a situação. E se não a está a ver, não é porque não exista, é porque ainda não chegou a hora.

Vasco P. Magalhães, sj

.