Vila Franca de Xira Viva a festa de Toiros

A praça de toiros Palha Blanco recebeu esta terça-feira a tradicional corrida noturna da Feira de Outubro.
António Ribeiro Telles e Diego Ventura num mano-a-mano na lide de toiros Prudêncio, Palha e Maria Guiomar Cortes de Moura, com os Forcados Amadores de Vila Franca a pegarem em solitário.
Praça esgotada. Ambiente ao “Rubro”.
Expectativas elevadas.
A cavalo competição ao mais alto nível.
Estilos diferentes, antagónicos, duas figuras, dois conceitos de toureio, duas distintas histórias.
António Ribeiro Telles esteve muito bem… Bem, frente ao primeiro; soberbo, frente ao segundo e magistral, rotundo, frente ao seu terceiro. António teve o melhor lote de toiros. Lide a lide foi subindo de tom com brega clássica, calma, com temple, a arte por todos os lados, tendo atingido o máximo dos máximos no seu terceiro, num tom de brilhantismo inigualável.

Diego Ventura não pode falhar!… Falhou!… é certo que teve o pior lote de toiros. Não esteve nos seus dias, na lide dos seus primeiro e segundo, mas no seu terceiro Ventura esteve soberbo. Curtos de “escândalo”, pares de bandarilhas fenomenais, com cavalo sem cabeçada.
O público queria mais e mais e Ventura deixou mais um palmito extraordinário.

Vila Franca viveu uma noite inesquecível… para mais tarde recordar!… Os Forcados de Vila Franca tiveram uma noite de glória. Pegaram Ricardo Castelo (1ª), Vasco Pereira (4ª), Francisco Faria (1ª), David Moreira (1ª), Márcio Francisco (2ª) e Rui Godinho (1ª).
Lidaram-se toiros Prudêncio com 535 e 525 quilos, Palha com 520 e 470 quilos, e Maria Guiomar Cortes de Moura com 530 e 550 quilos, respetivamente.
Dirigiu Pedro Reinhard, assessorado pelo veterinário Jorge Moreira da Silva.

.