Nove empresas criadas no concelho em Setembro

Na análise mensal à criação de sociedades, a NERSANT – Associação Empresarial da Região de Santarém, verificou que foram cridas no distrito de Santarém, em setembro, 106 empresas. O concelho de Santarém e Ourém voltaram a liderar a tabela.

De facto, esta realidade não é inédita. Santarém e Ourém tem vindo a ser, ao longo deste ano, os concelhos que mais empresas têm criado, ocupando estes territórios, consecutivamente, os lugares dianteiros deste ranking.

No caso do mês de setembro, Santarém contribuiu para esta análise com 17 empresas e Ourém, com 14. Seguem-se em terceiro lugar, os concelhos de Benavente e Torres Novas, com a criação de 10 sociedades cada um. Logo de seguida surge o concelho de Almeirim, com a criação de nove sociedades. Abrantes criou 8 sociedades, Rio Maior e Tomar, 7, e Entroncamento e Salvaterra de Magos, 6. O concelho do Cartaxo criou, em setembro, 5 sociedades, seguindo-se Coruche, com a criação de três empresas, e Alcanena e Golegã, com duas. Alpiarça, Chamusca, Constância, Ferreira do Zêzere, Mação, Sardoal e Vila Nova da Barquinha não constituíram qualquer empresa no mês de agosto.

Relativamente aos setores de atividade, destaque para a criação de empresas relacionadas com atividades de consultoria para os negócios e a gestão (5), restaurantes tipo tradicional (4), compra e venda de bens imobiliários (4), atividades dos serviços relacionados com a agricultura (3), transportes rodoviários de mercadorias (3), outras atividades de telecomunicações (3), atividades de consultoria em informática (3), outras atividades de consultoria, científicas, técnicas e similares (3) e outras atividades de saúde humana (3).