Não há soluções, há caminhos: 1 outubro

Dignidade é dar-se ao respeito e respeitar, ter opinião própria seguindo os seus valores e não para agradar, tornar-se co-responsável pelo bem de todos, sem se deixar usar nem abusar pelos outros, com sentido de intimidade e apreço pelo valor do trabalho próprio e alheio. Eis o que não encontramos hoje com a frequência que seria desejável.

Vasco P. Magalhães, sj

.