Confusão no arranque do ano letivo em Marianos. Pais e autarquia desavindos e escola pode fechar

Este slideshow necessita de JavaScript.

O Presidente da Câmara Municipal de Almeirim anunciou nas redes sociais que tinha procedido à renovação da Escola Básica de Marianos para acolher o alunos do Jardim de Infância e da Escola de Paço dos Negros, mas a manhã desta segunda-feira, início do ano letivo, ficou marcada pela contestação dos pais que dizem ter encontrado uma escola suja, com lixo pelo chão, com fios eléctricos à mostra, tampas de esgoto danificadas, refeitório cheio de ferramentas, salas sem cortinados e falta de segurança.

“Não está em condições, mas acreditar que amanhã está tudo pronto “, disse Susana Bento, representante dos pais.

“Está vergonhoso”, afirmou Bruno Xavier que foi claro sobre a posição a tomar esta terça-feira: “se amanhã as coisas não estiverem em condições não há aulas. É uma falta de respeito pelas crianças. Pena que as professoras e auxiliares tivessem tido medo de aqui ficar”.

CONFUSÃO NO INÍCIO DO ANO LETIVO NA ESCOLA DE MARIANOS. PAIS QUEIXAM-SE DE FALTA DE CONDIÇÕES

A vereadora da educação Emília Moreira esteve no local, impediu os jornalistas de registarem imagens no interior e teve que ser chamado o presidente da autarquia a acalmar a situação: “Vamos fazer o que estava programado esta tarde. Colocar cimento e limpezas que estavam programadas”, garantiu o autarca.

Aos jornalistas, Pedro Ribeiro assumiu que a situação podia ser evitada mas tem algumas explicações: “Podemos sempre fazer tudo, mas já agora repito o que disse aos pais. Fizemos a mudança do telhado e fizemos na outra sala que não está aberta, só por uma questão estética, mexemos no teto e percebemos que era de fibrocimento. Durante anos e anos, ninguém se tinha apercebido disso. Quando detetado foi resolvido. É sempre possível fazer mais e melhor.  As nossas desculpas por não estar a 100%, mas esta alternativa é boa para a Escola de Paço dos Negros”.

“Amanhã está tudo pronto, são questões de pormenor.”, terminou o autarca.

A vereadora Maria Emília deu indicação aos funcionários que não era permitida a presença dos jornalistas no interior da escola.

A Escola de Marianos estava encerrada desde o ano letivo 2016/2017 e foi reaberta devido à realização de obras na escola de Paço dos Negros.

.