IVV quase concluído

As obras de requalificação dos antigos escritórios e oficinas do IVV estão praticamente finalizadas.

O investimento de cerca de 170 mil euros, com apoios de fundos comunitários de 85% a fundo perdido e que permitem sediar de forma permanente a CVR Tejo a Rota do Vinho e a Confraria Enófila NS do Tejo.

“Para um concelho onde a agricultura, em particular o sector do vinho, tem um peso grande na nossa economia obras destas sao estratégicas”, sublinha Pedro Ribeiro.