Piscinas Municipais de Almeirim entram na primeira fase de requalificação

A época balnear das Piscinas Municipais de Almeirim encerrou alguns dias mais cedo devido a obras de requalificação no espaço, que este ano teve a visita de mais de 10 mil utilizadores entre os meses de julho e agosto.

A autarquia de Almeirim vais investir 700 mil euros no edifício de 21 anos e por não existirem fundos de comunitários para este tipo de intervenções os custos serão integralmente pagos pelo município.

O objetivo do projeto é dotar a infraestrutura de melhores condições para as próximas duas décadas, melhorar a eficiência energética e a imagem do edifício.

Segundo Pedro Ribeiro, presidente da Câmara Municipal de Almeirim, a obra será feita em três fases “por questões financeiras e de funcionamento, de forma a não fechar a infraestrutura”.

Este ano decorre a primeira fase que vai substituir toda a caixilharia de alumínio da piscina interior, custará aos cofres da autarquia cerca de 100 mil euros e deve estar pronta em três semanas. As piscinas de Almeirim reabrem ao público no dia 1 de outubro.

A segunda e terceira fase serão efetuadas nos próximos dois anos e prevêem uma nova imagem no edificio, pinturas, rebocos, melhoria na entrada, receção, balneários e zona de assistência. A coloção de uma pala de proteção na parte traseira das piscinas em zona descoberta está também prevista.

As Piscinas Municipais de Almeirim foram inauguradas em 1997 e à época custaram 1,5 milhões de euros. O município pagou na altura cerca de duzentos mil euros.

 

Veja aqui as imagens da renovação do espaço:

Projeto de remodelação das Piscinas Municipais de Almeirim