Alpiarcense Ana Avelino expõe os seus “Pontos de Vista” em Almeirim

A Galeria Municipal de Almeirim recebe até ao próximo dia 31 de agosto, a exposição da artista plástica Ana Avelino, natural de Alpiarça. Nesta mostra podem ser vistas obras de vários locais públicos da região.

Quando descobriu o talento para a pintura? Fez alguma formação?
Desde que me lembro que sempre gostei de artes e, dentro desse tema, pintar é, de longe, o que mais gosto em todos os “trabalhos” que faço, seja qual for o meio utilizado. Não tenho nenhuma formação em pintura, por isso a minha aprendizagem sempre foi autodidata e experiencial.

Qual a técnica e tipo de pintura que utiliza?
Nas telas que faço, baseio-me numa fotografia (outra área que gosto bastante) e, a partir daí, faço o desenho digital. Por fim, transfiro esse esboço inicial para a tela, finalizando a pintura com tinta acrílica. Esta fase final é também aquela em que tomo mais liberdade criativa, vou alterando as cores e a estética geral, pois é quando tenho o prognóstico mais realista de como quero que o produto final fique.

O que mais gosta de pintar?
Comecei a pintar telas para oferecer de presente a amigos e familiares, por isso, escolhia temas que dissessem algo a essas pessoas, que estivesse diretamente ligado a elas. Com o passar do tempo, percebi que também gostava de pintar paisagens que me dissessem algo a mim, que tivessem um significado mais pessoal. Se tivesse mesmo de escolher, diria que o que gosto mais de pintar são mesmo pessoas e céus.

Esta é a primeira exposição ao público?
Não. Em maio de 2017, tive a oportunidade de fazer a minha primeira exposição no edifício dos Paços do Concelho de Alpiarça. A minha exposição – Alpiarça – estava inserida numa iniciativa do Município chamada “Mês da Arte”, onde vários artistas alpiarcenses mostraram as suas obras em vários locais da vila, e consistia na totalidade em trabalhos sobre marcos visuais importantes da nossa terra.

É alpiarcense. Como surgiu esta oportunidade de expor em Almeirim?
Como alpiarcense, a minha prioridade será sempre levar o meu trabalho àqueles que me são mais próximos. Infelizmente, fui informada de que o programa de atividades para trabalhos artísticos de 2018 para a Biblioteca Municipal de Alpiarça, já estaria completo. Sendo que, eu já tinha concluído a minha coleção de obras para a “Pontos de Vista”, e tendo novos projetos em mente, tinha alguma urgência em realizar a exposição ainda este ano. Tenho a agradecer à Câmara Municipal de Almeirim pela prestabilidade e disponibilidade na cedência do espaço no Posto de Turismo para a mostra do meu trabalho.

Qual o feedback das pessoas?
No geral, o feedback tem sido muito positivo. Ao criar cenários que as pessoas reconhecem, e com os quais têm ligações quase familiares, sinto que posso conectá-las com as suas próprias histórias de vida, tal como eu me conecto com a minha quando pinto. Todas as telas são os meus pontos de vista, o que está representado nelas não é a completa veracidade física do local, mas sim a imagem que tenho marcada na memória quando penso nele. Consoante a sua história, cada pessoa lembrar-se-á das suas experiências e vivências ligadas ao mesmo, criando assim uma ligação singular com cada obra.

Pensa em adquirir mais conhecimentos na área?
Claro que sim. Sendo autodidata todo o meu trabalho e progresso são feitos através da experimentação. Vou evoluindo através da prática, da inspiração que vou buscar a outros artistas e da opinião que partilha quem vê o meu trabalho. Como em qualquer área devemos aprender com os melhores e por isso pretendo investir numa formação mais profissional nesta área no futuro.

Próximas exposições? Projetos?
A exposição “Pontos de Vista” ainda está a decorrer até ao final do mês de agosto e estou focada nela até ao último dia. De momento, estou a desenhar uma coleção de peças de vestuário e acessórios que serão inicialmente de edição limitada. No entanto, continuarei a aceitar comissões e a fazer pequenas coleções porque é uma atividade muito importante no desenvolvimento do meu processo criativo. Todas as novidades sobre os meus trabalhos, presentes e futuros, estarão disponíveis e atualizadas na minha página de facebook Ana Avelino Art.

 

 

Entrevista completa na edição em papel já nas bancas.