Concelho de Almeirim cria quatro novas empresas em julho

À semelhança do mês de junho, os concelhos de Ourém e Santarém foram os que mais empresas criaram em julho na região. No concelho de Almeirim foram criadas quatro empresas no mês de julho, segundo os dados da NERSANT. No total do distrito, foram criadas em julho no distrito, 88 empresas, mais 9 que no mês anterior.

A NERSANT analisa mensalmente a criação de empresas do distrito de Santarém. Em julho, os concelhos de Ourém e Santarém voltaram a ser os que mais empresas criaram no distrito, com 10 sociedade nascidas em cada um dos territórios.

Em segundo lugar, e também à semelhança do mês de junho, surge o concelho de Benavente, com 9 sociedades criadas, seguindo-se, em terceiro, os concelho de Rio Maior e Salvaterra de Magos, com 8 empresas criadas em cada um dos territórios.

O concelho de Tomar criou em julho 7 empresas, e Abrantes, 6. Coruche, Entroncamento e Torres Novas criaram 5 sociedades em cada um dos concelhos, seguindo-se Almeirim com a constituição de 4 empresas e Alcanena, com a criação de 3.

Com duas sociedades criadas, surgem empatados os concelhos de Alpiarça, Cartaxo e Vila Nova da Barquinha, seguindo-se os concelhos de Ferreira do Zêzere e Mação, com apenas uma empresa criada no mês de julho. Chamusca, Constância, Golegã e Sardoal não criaram qualquer empresa no distrito de Santarém, no período analisado.

Relativamente aos setores de atividade, destaque para o comércio por grosso (11), comércio a retalho (8), construção de edifícios (6), restaurantes (4), transportes rodoviários de mercadorias (3), comércio de veículos automóveis ligeiros (3) e montagem de trabalhos de carpintaria e de caixilharia (2).

.