“O concelho envolveu- se para divulgar a nossa mesa, as pessoas promoveram a nossa terra num (raro) momento de “patriotismo local” e isso é muito bom”. – 1 de agosto

No dia 22 de julho escrevi numa notícia para o site do nosso jornal que Almeirim tinha falhado o acesso à final das 7 Maravilhas. Isto é um facto, mas não é menos verdade que Almeirim tirou, e pode ou deve tirar proveitos deste concurso.

As chamadas vitórias morais, no bom sentido, claro. Mas explico melhor o que digo, sob pena de que quem está a ler e esteve envolvido nesta candidatura possa ficar melindrado.

Almeirim não conseguiu o acesso à grande final, mas o facto de já ter chegado ao lote dos melhores 49 é muito bom.

O concelho envolveu-se para divulgar a nossa mesa, as pessoas promoveram a nossa terra num (raro) momento de “patriotismo local” e isso é muito bom.

É certo que a certificação é fundamental, o reconhecimento global também, mas isso demora tempo e nós estamos a fazer o caminho.

Não é em 2018, mas será em breve.

Eu acredito muito nisso e mais do que nunca. Temos tudo para conseguir isso e se melhorarmos o pensamento coletivo as vitórias vão surgir mais cedo.

Uma palavra final e das mais importantes para a Confraria Gastronómica de Almeirim. São os últimos deste texto, mas os mais importantes. Parabéns!!

.