Atleta almeirinense supera das provas mais duras do mundo

Filipe Torres terminou este domingo, dia 8 julho, a participação no X-Alpine.  

A prova correu “bastante bem pois tinha apontado para as 30 horas acabei com um bocadinho menos que 29. Era muito dificil, o percurso. Alta montanha a sério”, descreve sorridente

Na duríssima prova acabaram cerca de metade dos que começaram (300 em quase 600) e o atleta almeirinense 156º lugar na geral e o segundo melhor entre os seis portugueses. 

O engenheiro sublinha que as maiores dificuldades foram “as passagens muito técnicas perto dos 3000m de altitude, prova praticamente em auto-suficiencia e o desnível acumulado muito grande”.
Em contraponto, Filipe Torres diz que as melhores sensações foram “superar um dos percursos mais difíceis que já fiz, ver o nascer do sol nos 2800m de altitude e apreciar as paisagens alpinas”.

 

.