Almeirim disponível para receber Madonna e dar 30 lugares gratuitos à cantora

Depois da polémica criada em Lisboa com a atribuição de uma terreno da Câmara Municipal de Lisboa para a cantora pop, que se fixou em Portugal no ano passado, poder estacionar a frota de 15 carros de que a própria e respetiva equipa se fazem acompanhar, na Rua das Janelas Verdes, o Jornal O Almeirinense sabe que se a cantora pensar em mudar de local, há no Ribatejo uma autarquia que vê com bons olhos a vinda… a Câmara de Almeirim.

O nosso jornal apurou que no concelho seria muito bem recebida e até podiam disponibilizar 30 lugares de estacionamento. Ao contrário de Lisboa que são pagos, os lugares em Almeirim seriam gratuitos, já que não há lugares pagos na cidade.

A visibilidade da presença da cantora e o retorno que pode dar ao concelho é visto como muito maior que a cedência de 30 lugares de estacionamento.

O terreno da Câmara Municipal de Lisboa localiza-se nas traseiras do Palácio Pombal, junto à Rua das Janelas Verdes, e foi arrendado na sequência de um pedido da artista, ao qual a autarquia cedeu. O semanário não especifica, no entanto, de que forma é que a rainha da pop solicitou um terreno amplo em que coubessem 15 carros.

A Câmara de Lisboa esclareceu que a cedência do espaço acontece “apenas durante um período limitado enquanto decorrerem as obras nos prédios nas Rua das Janelas Verdes”, acrescentando que o terreno já foi “disponibilizado a outras entidades, nomeadamente ao Ministério da Cultura até dezembro de 2017”.

De acordo com um responsável pela construção de um prédio junto ao palácio, citado pelo semanário, o terreno estará a ser ocupado pelas bombas de Madonna há cerca de “seis meses”. No fim do empréstimo, a autarquia vai cobrar à artista a verba correspondente à renda, adianta o Expresso.

O Palácio Pombal não foi, no entanto, a primeira escolha do executivo camarário no sentido de satisfazer a vontade de Madonna. O município pretendia que o espaço de estacionamento reservado do Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), que se situa nas proximidades do palacete onde a cantora mora, lhe fosse cedido como parque privado. Acontece que o museu recusou o pedido.

.