Da Esquerda para a Direita: Questão de teimosia

A proposta de alguns candidatos de diferentes partidos políticos e idependentes, para solução dos animais abandonados que vagueiam pela via pública no nosso concelho, os quais constituem perigo para a saúde publica, para além do acto cruel em si, adiciona aos olhos de quem nos visita uma má imagem sobre os nossos governnates locais. A campanha eleitoral tambem deveria servir para os vencedores aproveitarem ideias com o fim de encontrar soluções. Não me surpreende a falta de sensibiliade do nosso presidente da câmara, mas sim o facto de alguns autarcas assobiarem para o lado e lhes faltar a coragem para pressionar o seu chefe político no sentido de pôr termo ao caos instalado, cuja solução economica é viável usando da faculdade logistíca da câmara que de qualquer modo veio a ser facilitada pela verba que o governo central decidiu atribuir aos municipios para o efeito. Será esquecimento ou simplesmente mais uma afirmação de teimosia? Não quero parecer um (bota-abaixo), todavia deve-se exigir de quem nos governa, respeito pelas instituições e Leis, não basta na maior parte dos casos, não haver recursos financeiros para dar cumprimento às directivas do governo de Lisboa, independentemente da côr politica que nos governa, temos tambem que lamentar o facto de alguns responsaveis fazerem tábua rasa das Leis aprovadas que visam a dignificação das pessoas, animais e segurança pública em geral, e neste contexto, gostaria que a entidade ou entidades concelhias dessem uma resposta cabal e objectiva, sobre o conceito dos direitos das pessoas e dos animais e, o que para eles representa a segurança pública, dado que a vagabundagem dos animais está directamente ligada ao abandono destes e incúria do cumprimento legal da sua proteção.

Carlos Bento – Inovar Almeirim

.