Gentes de Almeirim internacionaliza-se

As Gentes de Almeirim, Associação Cultural e Etnográfica a convite do Grupo de Folclore ‘Casa de Portugal’ em Andorra participaram no passado dia 28 de abril na XXII Mostra Internacional de Folclore. Esta foi a primeira vez que foi o grupo todo ao estrangeiro embora tivesse estado representado em salões e congressos no estrangeiro.

Na Mostra de Folclore estiveram presentes Grupo de Folclore ‘Casa de Portugal’ em Andorra que representa a zona etnográfica do Alto Minho, o Grupo dos Portugueses de Beausoleil de França representando a zona Etnográfica do Baixo Minho, Esbart Sant Romá d’ Encamp de Andorra e as Gentes de Almeirim representando o Ribatejo.

As Gentes de Almeirim apresentaram o quadro etnográfico da Adiafa que representa o final das vindimas e a entrega da bandeira aos patrões. Representaram a cultura almeirante através dos diálogos, da representação, do canto e da dança qual foi recebida com muito entusiasmo alcançando assim grande êxito pela genuinidade e autenticidade patente na sua representação.

Nesta digressão as Gentes de Almeirim foram acompanhadas pelo Presidente da Federação do Folclore Português, Professor Dr. Daniel Café e pela Drª Maria Emilia Francisco vice presidente do mesmo organismo que ficaram muito agradados com a representação das Gentes de Almeirim assim como pela coesão e unidade do grupo em torno da missão que lhes foi confiada de d serem embaixadores da cultura almeirante. O objectivo foi conseguido após a passagem pelo palco do Complexo Socio Cultural de Encamp onde representaram as suas raízes com elevada dignidade e qualidade.

Para as Gentes de Almeirim foi mais um passo que comprovou o seu trabalho o qual aponta para uma nova directiva em termos de transmissão da cultura dos antepassados e para uma nova visão do folclore em termos etnográficos quer no panorama nacional quer no panorama internacional.

As Gentes de Almeirim chegaram à sua terra com o sentimento de que cumpriram da melhor forma a sua missão e que o êxito alcançado superou as expectativas de qualquer elemento. Entretanto novos contactos com grupos estrangeiros foram estabelecidos para uma nova oportunidade de digressão pelo estrangeiro.