Dia dos Moinhos Abertos e Centenário da Batalha de La Lys

Decorreu no passado fim de semana a iniciativa nacional organizada pela Rede Portuguesa de Moinhos “Dia dos Moinhos Abertos”, que na edição deste ano contou 367 engenhos por todo o país, abertos durante os dias 7 e 8 de abril. Um deles foi o Moinho do Fidalgo (Paço dos Negros – Almeirim) inscrito nesta iniciativa pela Academia Itinerarium XIV da Ribeira de Muge. Esta foi a 5.ª edição consecutiva em que aderiu a este importante evento de promoção do património molinológico português. 
 
Tendo todos os anos o Moinho do Fidalgo uma exposição temática associada a este evento, a deste ano versou o centenário da Batalha de La Lys, conflito da 1.ª Guerra Mundial onde Portugal participou e teve uma pesada derrota. A exposição versou os soldados que participaram, com as informações que puderam ser recolhidas nos boletins do Corpo Expedicionário Português, assim como a influência que teve aqui, de onde os soldados eram originários, com as fotografias típicas das mulheres com vestidos emprestados, que depois mandavam para os maridos/namorados na frente de combate, assim como a poesia popular que se associou a esta temática. 
 
No domingo, dia 8, José João Pais, numa conversa informal, falou sobre a participação portuguesa na 1ª Guerra Mundial e na Batalha de La Lys em particular. 
 
Para assinalar o centenário da Batalha de La Lys, a  Academia Itinerarium XIV decidiu oferecer o boletim que esteve exposto no moinho às famílias de alguns dos militares que participaram neste conflito bélico. 
.